Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Foco na Techla

Blog Foco na Techla - Tecnologias de Fotografia, Vídeo e Web Design

Foco na Techla

Blog Foco na Techla - Tecnologias de Fotografia, Vídeo e Web Design

5 conclusões a que tenho chegado nos últimos meses sobre a criação de conteúdos

Joana Antunes, 14.08.20

 

Eu no Estúdio da ESEC TV, em aula (Realização Televisiva Multicâmara)

 

 

Chegaste a Agosto e vês nas notícias que o Covid-19 continua a ter consequências nas nossas vidas enquanto pessoas, profissionais e nas várias sociedades a nível mundial. 🌍

 

Continuas a tomar as medidas de segurança para te protegeres a ti e às outras pessoas (distanciamento social - fisicamente, usar máscara e lavar as mãos, por exemplo). Continuas a viver a tua vida junto de quem te é mais próximo tendo estes cuidados em atenção.

 

Mas preocupas-te com a incerteza do que vai acontecer na recuperação das pessoas no que toca ao impacto destas circunstâncias na sua saúde e nos seus negócios, dando-te dois exemplos.

 

E se sabemos que não prevemos o futuro, podemos preparar-nos para ele no presente! Sendo otimistas de uma forma realista, ou seja, estando atentos aos aspetos positivos e aos não tão bons do que está a acontecer à nossa volta e aproveitando os pequenos momentos para nos desenvolvermos cada vez mais e melhor enquanto pessoas e enquanto profissionais.

 

Se já és ou queres vir a ser profissional de audiovisual 🎥 ou web designer 👩‍💻, ou se tens curiosidade de saber mais sobre como é o mundo do trabalho em vídeo e web design para tecnologias da informação, continua a ler esta legenda.

 

No post de hoje trago-te 5 conclusões 🧩 a que tenho chegado nos últimos meses sobre a criação de conteúdos e a forma como as pessoas se relacionam com esses conteúdos:

• Criares e publicares online conteúdos, sejam eles vídeos, fotografias, designs, posts, podcasts, webinars, lives, ebooks ou outros tipos de conteúdos, e seres verdadeira(o) naquilo que transmites a com quem acompanha o teu trabalho vai propiciar que essas pessoas confiem mais em ti e no teu trabalho, ao interagirem com as mensagens que lhes passas. 🎤

• O teu foco principal deve estar em escolheres quem são as pessoas 👨‍👩‍👧‍👦 que queres a teu lado para te ajudarem a crescer e a melhorar enquanto pessoa e enquanto profissional, e para formares a tua equipa de criação de conteúdos. E em colaborares 🤝 com essas pessoas e com o teu público-alvo/clientes, ajudando esses teus clientes e acrescentando-lhes valor através do teu trabalho. Teres o foco mais nisto do que em competir com outros profissionais da tua área vai-te ajudar tanto a ti como aos restantes profissionais a focarem-se nos respetivos propósitos de comunicação.

• Estares atenta(o) e focada(o) no teu propósito, no porquê de comunicares como o fazes através dos teus conteúdos 🎬 💻 e da imagem que passas através das histórias que contas, vai-te motivar muito mais tanto tu própria(o) como os teus possíveis clientes (leads) ou os teus clientes! Afinal, criar conteúdos é uma forma de ajudares outras pessoas através do teu trabalho!

• Porque deves contar melhores histórias? Porque ao fazê-lo estarás a envolver e a ensinar muito mais e melhor a tua comunidade (seja digital ou presencialmente) e ambas as partes chegarão muito mais longe no que de melhor conseguem imaginar, conceber e executar! 🎯

• Usufrui do processo de evoluíres enquanto aprendes e praticas conhecimentos! Tão importante como teres objetivos que queres atingir e fazeres por isso é divertires-te ao aprenderes e treinares sobre o que estudas!

 

 

O que achaste do post de hoje? 💥

 

Comenta aqui abaixo também o que mais te apaixona no teu trabalho ou na forma como queres que seja a tua carreira! 👇

Novidades no Blog BatAnil

Joana Antunes, 11.02.18

Boa tarde! Hoje venho falar-te de algumas das novidades que poderás encontrar aqui no Blog BatAnil. Os temas gerais do blog passarão a ser "Livros", "Fotografia", "Jornalismo" e "Audiovisual", pelo que estes temas terão mais destaque.

O blog também terá um logótipo e um aspeto visual renovado. Nota que o atual logótipo e aspeto visual usados neste blog fazem parte de um modelo (template) já existente na plataforma do Sapo Blogs. Portanto, esses detalhes foram somente adaptados por mim, não sendo da minha autoria.

No entanto, os conteúdos que encontrarás por aqui são da minha autoria.

Podes ir acompanhando o blog e o meu Instagram para ficarem a par de todas as novidades sobre ele.

Dito isto, tens interesse em livros, fotografia e vídeo? Então, bem-vindo(a) ao Blog BatAnil!

Desafio Liebster Award

Joana Antunes, 23.05.16

liebster award img

Hoje trago-vos um desafio para o qual a Marta Marques me desafiou há algum tempo. Chama-se "Liebster Award - Conhecendo Novos Blogs". O objetivo é divulgar blogs que tenham menos de 200 subscritores.

 

Antes de mais nada, vou começar por agradecer à Marta Marques por me colocar este desafio e dizer que gosto do seu estilo de escrita.

 

As perguntas colocadas pela Marta foram:

  1. Porque decidiste criar um blogue?

 Decidi criar um blog por gostar muito de escrever e querer partilhar experiências e perspetivas de vida com outras pessoas. Acredito que sermos solidários, humildes e respeitadores nos traz mais valor e crescimento enquanto pessoas. Uma influência positiva da tua parte no dia de alguém pode ter mais importância e mudar mais do que imaginas. Porque não experimentar hoje sorrir a alguém na rua?

  1. Porque escolheste este nome para o teu blogue?

 Entre várias possibilidades para o nome do blog e ao fim de muito tempo com a intenção de criar um (muito tempo mesmo!) optei pelo nome com que mais me identificava, porque tem a sua origem em duas áreas de conhecimento que fazem parte do meu percurso de vida.

  1. Onde encontras inspiração para escrever posts?

 A inspiração às vezes parece ter vontade própria, mas encontro inspiração para escrever posts nas experiências de vida, temas que considero importantes para as pessoas e através da leitura e da música, por exemplo.

  1. Qual o post que te deu mais gosto escrever? 

 Começo por dizer que todos os posts me deram gosto escrever. Se tivesse de destacar um deles, seria o "Desidentidade e Isistência" pelo que está por trás deste.

  1. Que tipo de blogues gostas mais?

 Esta é uma questão um pouco difícil, pois gosto de temas muito variados e diferentes. Algumas características que os blogs que gosto mais têm em comum é o aspeto visual simples e apelativo, conteúdos interessantes e com que te podes identificar, autenticidade e originalidade desses mesmos conteúdos e um estilo de escrita compreensível e apelativo.

  1. Qual a tua viagem de sonho?

 Tal como a questão anterior esta também é um pouco complicada, porque gosto muito de viajar e conhecer novos lugares, pessoas e culturas. Apesar disso, alguns sítios onde gostava mesmo muito de ir são Itália, Estados Unidos, México, Nova Zelândia e Austrália, mas claro que há muitos mais que poderia incluir nesta lista.

  1. Qual o teu escritor preferido?

 Gosto de muitos escritores diferentes, e o mesmo ao nível de géneros literários. Um dos meus escritores favoritos é Mia Couto.

  1. Qual o teu hobby preferido?

 Aqui vou responder dizendo dois, porque estão empatados como hobby preferido e ambos são muito importantes para mim: a escrita e a leitura.

  1. O que é que te deixa com um sorriso nos lábios?

 Uma das coisas que mais me deixa com um sorriso nos lábios é poder passar tempo com as pessoas de quem gosto e que são importantes para mim.

  1. O que te põe mal disposta?

 Cheiro do gasóleo e gasolina, não gosto nada. Posso acrescentar a esta resposta o facto de nalguns sítios do mundo haver tanta falta de condições básicas necessárias para a qualidade de vida, como alimentação, água potável, educação, saúde e abrigo e noutros desperdiçar-se tanto essas condições, tomando-as como garantidas.

  1. [E agora, em jeito de Daniel Oliveira] O que dizem os teus olhos?

Achei engraçada a referência ao Daniel Oliveira. Os meus olhos dizem isto: "Define objetivos e sonhos para ti e acredita que com esforço e dedicação os vais atingir. Não desistas aconteça o que acontecer, vai valer a pena veres onde chegaste e os desafios que ultrapassaste para lá chegares."

 

Vou deixar livre para quem quiser responder ao desafio. A todos um bom dia e uma boa semana, espero que tenham gostado do post de hoje.

"Desidentidade" e "Isistência"

Joana Antunes, 19.02.16

"Desidentidade" e "Isistência". Sim. Leram bem. Podem pensar que estou a delirar, mas refiro-me à nossa falta de autoconhecimento, a vários níveis. "Desidentidade" é o acumular de sensações, pensamentos e ações pelos quais nos apercebemos que nem sempre sabemos o nosso valor enquanto pessoas, a nossa verdadeira identidade humana.
            Através desta "desidentidade", descobrimos muito mais do que a nós próprios. Descobrimos que para viver e ter a completa noção do "Quem és tu?" escondido no âmago da nossa essência, precisamos primeiro de "isistir". Porque motivo digo "isistir" e não existir? Pelo facto de a nossa vida e a nossa existência estarem mal escritas. Como assim mal escritas?
          Porque às vezes sofremos mais do que seria necessário.  Todos nos levantamos de manhã com a esperança de algo mais do que estarmos e sermos, mesmo quando dizemos que está tudo bem. Objetivos pessoais e profissionais, causas nas quais acreditamos e pelas quais lutamos. É por aquilo em que acreditamos que exploramos aquilo a que o mundo pode aspirar. Mas temos de ser nós a descodificar o sentido da vida! A encontrar um caminho que mostre quem somos, o que pretendemos a longo prazo e que nos auxilie a embater contra a cascata do desconhecido e a cortar as silvas e os espinhos das rosas que tentem voltar-se contra nós!
            Sejamos mais fortes do que elas e libertemo-nos das dificuldades que se intrometam no nosso percurso! Reguemos as frondosas árvores que nos permitem identificá-lo e apreciemos a paisagem antes de perderem as folhas e se unirem à térrea e éterea luz do Universo!